FUTEBOL BRASILEIRO: Aos 40 anos Jardel volta ao futebol em um time amador do RS.

JARDEL, ASSINANDO O CONTRATO
IBIRUBÁ (RS) - 
Em tempos de seca do ataque do Grêmio, que não marca há 508 minutos, um dos maiores artilheiros do clube está de volta. É Jardel, na ativa novamente, só que no futebol amador do Rio Grande do Sul. O centroavante, de 40 anos, acertou com o Vila Nova, de Ibirubá, município a 296 km de Porto Alegre, assinando um termo de compromisso.
Jardel afirma que a idade e a distância dos gramados não irão atrapalhar - de acordo com o atacante, seu último jogo oficial se deu em 2010, pelo Cherno More, da Bulgária.
- Quem sabe nunca esquece - diz, em contato por telefone com o GloboEsporte.com.
Ele também não descarta um retorno ao futebol profissional:
- Vim ajudar o clube a pedido de amigos. Aceitei, até para ficar em atividade. Vai ser bom para mim. Quem sabe volto, não? Conforme o meu desempenho...

JARDEL POSA AO LADO DO GOLEIRO DARLEY, SEGURANDO ETERNA CAMISA 16
IO eterno camisa 16 da Libertadores de 1995 já estreia neste sábado, na primeira rodada do campeonato municipal, contra o Bangu. Com expectativa de público recorde, mais de 4 mil, o confronto foi deslocado dos demais jogos, a serem disputados no domingo.
Mesmo fora dos campos, Jardel seguia ligado ao Grêmio. Fez estágio com o antigo treinador Vanderlei Luxemburgo e participa de eventos do clube pelo Interior. Em 84 jogos pelo Grêmio, entre 1995 e 1996, marcou 65 gols. Só no Olímpico foram 40 - mais de 60% dos tentos, portanto. Foram 40 gols marcados em... 41 partidas no Olímpico, de acordo com o jornalista e pesquisador Laert Lopes. Uma incrível média de 0,97 gols por jogo.

Comentários

Postar um comentário