UFC: Renan Barão vence Faber por nocaute e mantém cinturão dos galos.

Renan Barão festeja a vitória sobre Urijah Faber
ESTADOS UNIDOS - Depois de ser o campeão interino, Renan Barão mostrou que não sentiu o peso na sua primeira luta como dono efetivo do cinturão dos galos.
Barão manteve seu título ao massacrar o norte-americano Urijah Faber no duelo principal do UFC 169, no Prudential Center, em Newark.
Foi necessário apenas um minuto e 18 segundos do primeiro round para Renan Barão superar Faber por nocaute técnico. O brasileiro aplicou uma boa sequência de golpes e encurralou o adversário.
O norte-americano fugiu no octógono, mas depois levou uma outra boa sequência e ficou no chão, à mercê de Barão.
Faber, após a luta, discordou da decisão do árbitro Herb Dean e acreditava que ainda estava vivo no combate. "Sou um dos caras mais resistentes do mundo.
Herb é um grande juiz, mas esperava ter tido uma chance maior de me defender. Eu tinha mais para lutar ainda, havia levantado o polegar para mostrar que estava bem. Não quero tirar os méritos do barão, mas eu vou voltar", disse.
Essa foi a primeira luta em que Barão defendeu seu cinturão. Isso porque a lesão do agora ex-campeão Dominick Cruz deixou o brasileiro apenas com o título interino. 
A expectativa era que a unificação ocorresse neste UFC, mas Cruz se lesionou de novo, e Barão foi nomeado o detentor do título.
Barão venceu 16 lutas seguidas, um no contest, e tem apenas uma derrota em 33 combates na carreira, que veio logo em seu primeiro duelo no MMA.


Comentários