AUTOMOBILISMO: Lewis Hamilton vence grande prêmio da Malásia e Mercedes volta a vencer na F1

Nico Rosberg, Lewis Hamilton e Sebastian Vettel.
MALÁSIA - Um problema banal, no chamado "cachimbo da vela" do motor, foi o responsável por tirarLewis Hamilton da corrida anterior, na Austrália. 

Mas neste domingo, nada pôde deter o piloto da Mercedes no GP da Malásia. Largando da ponta, o britânico imprimiu um ritmo forte e, com uma atuação impecável, não foi ameaçado em momento nenhum pelos adversários, recebendo a bandeira quadriculada com 17 segundos de vantagem sobre seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, que lidera o campeonato com 43 pontos. 

O tetracampeão Sebastian Vettel se recuperou do abandono em Melbourne com uma atuação consistente que o levou ao pódio. Foi o 23º triunfo de Hamilton na carreira, igualando o brasileiro Nelson Piquet na 11ª posição do ranking de maiores vencedores da história da Fórmula 1.

Partindo de 13º, Felipe Massa se beneficiou da ausência da chuva e conseguiu fazer uma corrida de recuperação para chegar na sétima colocação. 

O brasileiro passou três na largada, ganhou outras posições durante a prova e nas voltas finais, foi alertado pelo rádio: “Bottas está mais rápido que você (...) Ele tem pneus melhores, deixe ele ir. Não o segure”. 

Uma mensagem que inevitavelmente remeteu ao famoso episódio do“Fernando está mais rápido que você”, do do GP da Alemanha de 2010 quando o brasileiro precisou ceder a vitória a Fernando Alonso na Ferrari. Mas dessa vez, o brasileiro não respondeu pelo rádio, e sim na pista: pisou fundo, conteve as investidas do finlandês e assegurou o sétimo lugar.

A próxima corrida será no dia 6 de abril, com o GP Bahrein.

CONFIRA O RESULTADO FINAL DO GP DA MALÁSIA:
1) Lewis Hamilton  (ING/Mercedes)    1m40m25s974
2) Nico Rosberg    (ALE/Mercedes)    + 17s313
3) Sebastian Vettel   (ALE/RBR-Renault)    + 24s534
4) Fernando Alonso    (ESP/Ferrari)     + 35s992
5) Nico Hulkenberg    (ALE/Force India-Mercedes) + 47s199
6) Jenson Button   (McLaren-Mercedes)   + 1m23s691
7) Felipe Massa    (BRA/Williams-Mercedes)    + 1m25s076
8) Valtteri Bottas    (FIN/Williams-Mercedes)    + 1m25s537
9) Kevin Magnussen    (DIN/McLaren-Mercedes)  + 1 volta
10) Daniil Kvyat    (RUSSTR-Renault)     + 1 volta
11) Romain Grosjean    (FRA/Lotus-Renault)     + 1 volta
12) Kimi Raikkonen  (FIN/Ferrari)     + 1 volta
13) Kamui Kobayashi    (JAP/Caterham-Renault)  + 1 volta
14) Marcus Ericsson    (SUE/Caterham-Renault)  + 2 voltas
15) Max Chilton     (ING/Marussia-Ferrari)  + 2 voltas

ABANDONARAM:
Daniel Ricciardo   (AUS/RBR-Renault)    49 voltas
Esteban Gutiérrez  (MEX/Sauber-Ferrari)    35 voltas
Adrian Sutil    (ALE/Sauber-Ferrari)    32 voltas
Jean-Eric Vergne   (FRA/STR-Renault)    18 voltas
Jules Bianchi   (FRA/Marussia-Ferrari)  8 voltas
Pastor Maldonado   (VEN/Lotus-Renault)     7 voltas
Sergio Pérez    (MEX/Force India-Mercedes) 0 voltas


Comentários