SEL. DO BRASIL NA COPA DE 2014: Brasil vence Chile nos pênaltis e avança as quartas de finais.

JÚLIO CEZAR PEGOU DOIS PÊNALTIS E BRASIL ESTAR NAS QUARTAS
Depois de 120 minutos de sofrimentos. O Brasil venceu o Chile nas cobranças de pênaltis, por 3 a 2, após empatar em 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação, no Mineirão, em Belo Horizonte, na tarde deste sábado ( 28 ), pelas oitavas de finais da Copa do Mundo.

Os gols da partida foram marcados na primeira etapa. David Luiz aos 18 minutos, para a seleção brasileira, enquanto Alex Sanchez aos 32 minutos deixou tudo igual para o Chile.

Com vitória, os brasileiros avançaram às quartas de finais da Copa do Mundo FIFA do Brasil. Os chilenos voltam pra casa.

Agora, os jogadores brasileiros folgam neste domingo ( 29 ), e volta a treinar na Granja Comarí na próxima segunda-feira, visando o confronto contra a Colômbia pelas quartas de finais, no Castelão, em Fortaleza-CE, na próxima sexta-feira dia 4 de Julho. 

O JOGO
Como vem acontecendo nos jogos do Brasil, na Copa do Mundo. A equipe começou o jogo com muitas dificuldades para furar o bloqueio do adversário e bastante ansiosa.

Em menos de cinco minutos de bola rolando, o Brasil já havia feito três faltas.
Mesmo assim, a seleção brasileira assustou primeiro, em um chute do lateral esquerdo Marcelo da entrada da área, que passou perto da trave direita de Bravo.

O Chile tinha mais posse de bola e comandava as ações da partida, o Brasil arriscava nos contra-ataques puxados Por Neymar e Hulk.

Aos 13minutos, Hulk foi tocado na área, e caiu. Os brasileiros pediram pênalti, o árbitro inglês mandou o jogo seguir.
DAVID LUIZ COMEMORANDO O GOL BRASILEIRO
O Brasil abriu o placar aos 18 minutos. Neymar cobrou escanteio Thiago Silva resvalou de cabeça para David Luiz, dividiu com o zagueiro chileno e a bola entrou para o gol do goleiro Bravo. Foi o primeiro gol de um zagueiro brasileiro na Copa.

O Chile chegou ao empate, aos 32 minutos. Marcelo bateu o lateral para  Hulk que devolveu fraco, Vidal se antecipou e passou a bola para Alexis Sanchéz, livre dentro da área, bater cruzado sem chances para Júlio Cezar.

Aos 39 Neymar recebeu a bola na área brigou com a defesa chilena, a bola sobrou para Fred que jogou pelo alto.

Aos 46 minutos, Luís Gustavo errou na saída de bola. Aránguiz aproveitou e bateu, Júlio Cezar fez ótima defesa. O primeiro tempo acabou assim.


Na volta do intervalo, as duas equipes voltaram sem alterações. Aos 4 minutos, Fernandinho, assustou a defesa adversária em chute de fora da área, quase virou para o Brasil. 

Aos 10 minutos, Hulk recebeu passe dentro da área, dominou no ombro e marcou o segundo gol brasileiro. Mas árbitro inglês invalidou o lance. Assinalando toque de mão, e ainda amarelou o atacante.


NEYMAR SOFREU COM A MARCAÇÃO CHILENA 
Cinco minutos depois, Luís Gustavo fez falta dura e recebeu cartão amarelo. Foi o segundo recebido pelo volante na Copa Mundo. Com isso, Luis Gustavo não enfrentará a Colômbia nas quartas de finais. 

O segundo tempo, continuou muito pegado e sem muitas chances de perigo. Aos 18 minutos, Felipão sacou o atacante Fred e colocou Jô em seu lugar. Mesmo assim a boa defesa do Chile continuava ganhando todas as jogadas.



Com a superioridade dos chilenos no meio campo, o treinador brasileiro deu vida nova ao meio campo brasileiro, trocando Fernandinho por Ramires. Mas de nada adiantou.

Aos 38 minutos, Hulk fez jogada individual e chutou forte, Bravo fez grande defesa. E a segunda etapa, terminou com resultado de igualdade.
PRORROGAÇÃO
Começou o tempo extra, e Hulk era um dos poucos que levava perigo ao goleiro Bravo, principalmente nos chute de longa distância. E os primeiros 15 minutos terminou como começou. 

Veio os 15 minutos finais, e a melhor chance foi do Chile, Pinilla tabelou com Sanches entrou livre chutou forte e abola explodiu no travessão.

JÚLIO DEFENDENDO O PÊNALTI DE SANCHEZ
COBRANÇAS DE PÊNALTIS
Júlio Cezar garantiu o Brasil na próxima fase. O goleiro brasileiro defendeu duas penalidades. Primeiro, do atacante Penilla e depois de Alex Sanchez.

E viu o lateral Jara, acertar a trave. Para o Brasil David Luiz, Marcelo e Neymar converteram as penalidades, enquanto Hulk e Willam disperdiçaram.
 FICHA TÉCNICA:
BRASIL 1 ( 3 ) X 1 ( 2 ) CHILE
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: sábado, 28 de junho de 2014
Horário: 13h (de Brasília)
Público: 57.714
Árbitro: Howard Webb (ING)
Assistentes: Michael Mullarkey e Darren Cann (ambos ING)
Gols: David Luiz, aos 18min, Alexis Sánchez, aos 32min do primeiro tempo
Cartões amarelos: Hulk, Luiz Gustavo, Jô, Daniel Alves (BRA); Mena, Silva, Pinilla (CHI)

BRASIL
: Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Fernandinho (Ramires) e Oscar (Willian); Hulk, Fred (Jô) e Neymar
Técnico: Luiz Felipe Scolari

CHILE
: Bravo; Jara, Isla, Medel (Rojas) e Mena; Silva, Díaz, Aránguiz e Vidal (Pinilla); Vargas (Gutiérrez) e Alexis Sánchez
Técnico: Jorge Sampaoli

Comentários