BRASILEIRO DA SÉRIE B 2014: De virada o Sampaio perde para o Boa Esporte e soma três partida sem vitória.

WELLIGTON E TOMAS COMEMORAM OS GOLS DA EQUIPE MINEIRA
VARGINHA - De virada, o Sampaio Corrêa perde para o Boa Esporte e completa três jogos, sem vitórias no Brasileiro da série B. 
Jogando na noite deste sábado ( 16 ), no estádio Municipal de Varginha ( Melão), em Varginha, pela 16ª rodada da competição, os maranhenses perderam de virada pelo placar de 2 a 1.

Edgar abriu o placar aos 23 minutos da primeira etapa para o Sampaio, na volta do intervalo Tomas empatou aos 31 minutos e Lula aos 37 minutos decretou a vitória dos donos da casa.

Com o triunfo, o Boa Esporte conquistou sua quinta vitória na Série B e pulou da 12ª para a 9ª posição na tabela de classificação, com 24 pontos ganhos. A equipe também ostenta a melhor campanha da Série B no pós-copa.

Já o Sampaio Corrêa, completou a terceira partida sem vitória. A equipe do treinador Lisca estacionou nos 23 pontos, caindo quatro posições na tabela, agora, o Tubarão ocupa a 11ª colocação. 

Além de ter sofrido a derrota diante da equipe mineira, o Sampaio teve uma baixa importante, o zagueiro Paulo Sérgio torceu o joelho esquerdo e foi levado para o Hospital chorando. O departamento médico do Tubarão não se pronunciou sobre a gravidade da lesão.

As duas equipes voltam a jogar na terça-feira (19), o Sampaio Corrêa recebe no Castelão, em São Luís, a equipe do Santa Cruz, às 19h30. No mesmo dia e horário, o Boa Esporte enfrenta o Joinville às 19h30 na Arena Joinville. 

FICHA TÉCNICA 
BOA ESPORTE 2 X 1 SAMPAIO CORRÊA

Local: Estádio Melão, em Varginha (MG)
Data: 16 de agosto de 2014, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Cartões amarelos: (Boa Esporte) Vinícius Hess (Sampaio Corrêa) Válber
Gols:
Boa Esporte:
Tomas, aos 31 e Lula, aos 37 minutos do segundo tempo
Sampaio Corrêa: Edgar, aos 23 minutos do primeiro tempo

BOA ESPORTE: João Carlos; Eric, Thiago Carvalho, Lula e Marinho Donizete; Vinícius Hess (Malaquias), Wellington, Tomas e Clébson (Morato); Uallison Pikachu (Diego) e Fernando Karanga
Técnico: Nedo Xavier

SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Ramos; Hiltinho, Paulo Sérgio (Luís Otávio), Edimar e Willian Simões; Jonas (Arlindo Maracanã), Uillian Corrêa, Eloir e Márcio Diogo (Marino); Edgar e Válber 
Técnico: Lisca

Comentários