COPA NORDESTE 2015: Com público recorde, o Ceará bate o Bahia e leva o Nordestão de forma invicta.

MAGNO ALVES E O ZAGUEIRO CHARLES COMEMORANDO O GOL CEARENSE
FORTALEZA - O Ceará é o campeão da Copa do Nordeste de 2015. Diante  de mais de 60. 000 expectadores que lotaram à Arena Castelão, na noite desta quarta-feira (29/4), em Fortaleza, o time alvinegro voltou a derrotar o Bahia, desta vez por 2 a 1, e conquistou o título da competição. Na partida de ida, o Ceará venceu pelo placar de 1 a 0, na Arena Fonte Nova. 

Os gols do alvinegro cearense foram marcados pelos os zagueiros Charles e Gilvan, ambos de cabeça. Maxi Biancucchi descontou para o tricolor baiano. 

Com o triunfo, o Vozão conquistou a competição pela primeira vez e irá disputar a Copa Sul-americana 2016 e um prêmio de 1,5 milhão ofertado pela CBF-Confederação Brasileira de Futebol.

O JOGO
O Bahia começou melhor, antes dos dez minutos, a equipe baiana já havia criado duas boas oportunidades de gols. Com Rômulo cobrando falta venenosa, que o goleiro Luís Carlos fez boa defesa, e com o volante Souza, em uma cabeçada que Ricardinho salvou em cima da linha.

Não demorou muito, e o Ceará respondeu com Magno Alves. O atacante acertou um ótimo chute de primeira, mas parou no goleiro Jean. 

Aos 13 minutos, os baianos quase abriram o placar. Kieza recebeu ótimo passe do meia Rômulo entrou na área, mas finalizou para fora. 

O Bahia seguia melhor, porém quem chegou ao gol foi os donos da casa. Aos 15 minutos, Ricardinho fez um belo cruzamento na área e encontrou o zagueiro Charles, que cabeceou sem chances para o arqueiro baiano. 1 a 0 Vozão. Após abrir o placar, o Ceará passou a dominar as ações, mas o primeiro tempo ficou só no 1 a 0.

Veio a segunda etapa, e a equipe cearense seguia ditando o ritmo do jogo, aos 3 minutos, Ricardinho quase ampliou para a equipe do técnico Silas. O meia recebeu passe de Wescley  e arriscou, a bola explodiu na trave.

Três minutos depois o Ceará chegou ao segundo gol. Recardinho, sempre ele, cobrou escanteio da direita e o zagueiro Gilvan subiu mais que a defesa adversário e desviou de cabeça. 2 a 0 Ceará.

O Bahia descontou nos minutos finais. Aos 44, Maxi Biancucchi aproveitou a saída errada do goleiro Luís Carlos e mandou por cobertura. Porém não tinha tempo para mais nada. Final, Ceará campeão da Copa Nordeste 2015.

ESCALAÇÕES:
CEARÁ: Luís Carlos; Samuel Xavier, Charles, Gilvan (Sandro) e Fernandinho; Sandro Manoel, Uillian Correia, Ricardinho e Wescley (Marcos Aurélio); Assissinho (Tiago Cametá) e Magno Alves.
Técnico: Silas.

BAHIA: Jean; Tony (Tchô), Robson, Titi e Bruno Paulista; Wilson Pittoni (Willians Santana), Souza, Tiago Real e Rômulo (Zé Roberto); Maxi Biancucchi e Kieza. Técnico: Sérgio Soares.

APITOU O JOGO
Italo Medeiros de Azevedo, foi o árbitro, auxiliado por Lorival Cândido das Flores e Luís Carlos Câmara Bezerra.


Comentários