COPA AMERICA 2015: Jara é suspenso por 3 jogos por "dedada" e está fora da Copa América

O FATO ACONTECEU NA QUARTAS DE FINAL DA COPA AMÉRICA
CHILE - O zagueiro chileno Gonzalo Jara foi suspenso neste domingo (28/6) por três jogos, por causa da "dedada" que deu no atacante uruguaio Edinson Cavani e, com isso, o jogador não joga mais nesta Copa América.

A decisão foi divulgada depois da denúncia feita pela Associação Uruguaia de Futebol (AUF), que anexou vídeos e fotos do incidente, que acabou resultando em uma reação do jogador do PSG e sua expulsão pelo árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci.

Além de eliminar o chileno da Copa América, o Tribunal Disciplinar da Conmebol ainda aplicou uma multa de US$ 7,5 mil ao atleta, que não poderá recorrer, porque o regulamento da competição só permite esta possibilidade a partir de penas de quatro jogos de gancho.

Jara cumprirá o primeiro jogo de suspensão nas semifinais da Copa América, já nesta segunda-feira, e em seguida na final ou disputa de terceiro e quarto lugar, dependendo do resultado do duelo com o Peru. O terceiro jogo será cumprido nas Eliminatórias para a Copa do Mundo.

Pouco depois da divulgação da pena do zagueiro chileno, a Associação Nacional de Futebol Profissional (ANFP) lamentou a decisão, em comunicado, e cobrou o mesmo rigor para julgar sete atletas uruguaios denunciados pela entidade por incidentes durante o duelo da última quarta-feira.

A federação chilena apontou que o próprio Cavani, Diego Godín, Fernando Muslera, José María Giménez, Jorge Fucile, Álvaro González e Christian Stuan estiveram envolvidos em tentativas de agressão ao árbitro, aos jogadores da 'Roja' e teriam incitado a violência.

Comentários