COPA AMÉRICA 2015: Paraguai repete o feito de 2011, ao eliminar o Brasil e vai à semifinal da Copa América.

O CHILE FAZ O ÚLTIMO PÊNALTY E BRASIL É ELIMINADO DA COPA AMÉRICA
CONCEPCIÓN (CHILE) - Assim como aconteceu na Copa América da Argentina de 2011, a Seleção Brasileira caiu diante do Paraguai nas quartas de final da Copa nas cobranças por pênaltis. Os paraguaios venceram por 4 a 3 após empate por 1 a 1 no tempo normal, no Estádio Collao, em Concepción, na noite deste sábado (27/6).

Com a bola rolando, a equipe brasileira saiu à frente no placar, com gol de Robinho aos 14 minutos do primeiro tempo. Em uma bela troca de passes entre ele e Daniel Alves. O Paraguai chegou ao empate aos 26 minutos da segunda etapa, após cruzamento na área, o zagueiro Thiago Silva colocou a mão na bola e árbitro uruguaio marcou pênalti. Delis González bateu e converteu. 1 a 1

Após o gol de empate dos paraguaios, a partida ficou aberta com as duas equipes tetando marcar no contra-ataque, mas nada de tão perigoso aconteceu. Terminando com o empate poe 1 a 1. Com isso a vaga teve que ser decidida nas cobranças de pênaltis.

Everton Ribeiro (que entrou nos minutos finais no lugar de Robinho, autor do gol), em chute rasteiro para fora, e Douglas Costa que havia entrado no lugar de Willian, isolou a bola, perderam para o Brasil. Pelo Paraguai, o único a desperdiçar foi Santa Cruz, batendo a bola por cima do travessão de Jefferson.

Agora, o Paraguai pega a Argentina pela semifinal na próxima terça-feira (30/6), no Estádio Municipal de Concepción, às 20h30 (de Brasília). O Brasil arruma as malas e dá adeus a Copa América.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 1 (3) X (4) 1 PARAGUAI
Local: Estádio Collao, em Concepción (Chile)
Data: 27 de junho de 2015, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Andres Cunha (URU)
Assistentes: Mauricio Espinosa (URU) e Carlos Pastorino (URU)
Cartões amarelos: Daniel Alves e Philippe Coutinho (Brasil); Bruno Valdez, Pablo Aguilar e Osvaldo Martínez (Paraguai)
GOLS:
BRASIL: Robinho, aos 14 minutos do primeiro tempo
PARAGUAI: Derlis Gonzalez, aos 26 minutos do segundo tempo

PÊNALTIS CONVERTIDOS:
BRASIL: Fernandinho, Miranda, Philippe Coutinho,
PARAGUAI: Osvaldo Martínez, Victor Cáceres, Raul Bobadilla, Derlis González

BRASIL: Jefferson; Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Fernandinho, Elias, Willian (Douglas Costa), Philippe Coutinho e Robinho (Éverton Ribeiro); Roberto Firmino (Diego Tardelli)
Técnico: Dunga

PARAGUAI: Justo Villar; Bruno Valdez, Paulo da Silva, Pablo Aguilar e Iván Piris; Derlis González, Eduardo Aranda (Osvaldo Martínez), Víctor Cáceres e Édgar Benítez (Óscar Romero); Roque Santa Cruz e Nelson Haedo Valdez (Raul Bobadilla)
Técnico: Ramón Díaz

Comentários