FUTEBOL MARANHENSE: Morre em acidente de moto, o volante Fagundes campeão maranhense pelo Imperatriz.

FAGUNDES COM O TROFÉU DE CAMPEÃO MARANHENSE DESTE ANO 
IMPERATRIZ - O volante campeão maranhense de 2015 pelo Imperatriz Fagundes Soares da Silva, de 26 anos, conhecido apenas como Fagundes, morreu após sofrer um acidente de moto na madrugada desta segunda-feira (29/6), na BR-010, próximo ao município de Governador Edison Lobão (MA).
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a suspeita é de que o jogador estava dirigindo sob efeito de álcool quando bateu na traseira de um carro ao tentar passar por um quebra-molas e morreu na hora.
O presidente do Imperatriz Buzuca disse que participou do reconhecimento do corpo. Ele informou que o clube prestará assistência à família do atleta. 
"Vamos prestar solidariedade à família. Já reconheceram o corpo e vamos dar total apoio neste momento difícil", garantiu, em entrevista à imprensa.
O corpo está sendo velado na casa de familiares do jogador, em Imperatriz. O local e horário do enterro ainda não foram divulgados.
Fagundes foi contratado no início do ano pelo Imperatriz para compor o elenco da temporada atual. O volante disputou seis jogos e ajudou o Cavalo de Aço a conquistar o segundo título na história do Campeonato Maranhense.
Trajetória
O volante foi revelado pelo JV Lideral em 2008 e fez parte do elenco vice-campeão da Série B do Campeonato Maranhense. No ano seguinte, participou da campanha que levou o Trator do Camaçari ao título do Campeonato Estadual, vencendo a final contra o Sampaio.
O volante permaneceu no JV Lideral até 2010, quando disputou a Série D e a Copa do Brasil. No ano seguinte, foi para o Patrocinense e, em 2012, retornou ao futebol maranhense para defender o Santa Quitéria.
No mesmo ano, teve sua primeira passagem pelo Imperatriz e posteriormente chegou ao Balsas. Em 2013, Fagundes defendeu o Cori-Sabbá no Campeonato Piauiense e retornou ao JV Lideral no segundo semestre, para disputar novamente a Série B do Campeonato Maranhense. No ano seguinte voltou a vestir a camisa do Cori-Sabbá e posteriormente do Sabiá.

Comentários