BRASILEIRO DA SÉRIE B 2015: Sampaio Corrêa faz valer o mando de campo, e atropela o Boa Esporte.

PIMENTINHA MAIS UA VEZ FOI UM DOS DESTAQUES, ELE FEZ UM GOLAÇO
SÃO LUÍS - O Sampaio Corrêa venceu o Boa Esporte por 3 a 0, neste sábado, no Estádio Castelão, no Maranhão. A equipe da casa marcou dois gols no final da partida para selar a vitória sobre o time mineiro. Com o resultado, os maranhenses chegaram a sexta posição, com 21 pontos, e encostaram no grupo dos quatro primeiros colocados, que garantem vaga na primeira divisão do Campeonato Brasileiro do próximo ano

O Boa Esporte, por sua vez, completou o terceiro jogo consecutivo sem vitória. A equipe de Varginha parou nos 11 pontos e está na 17ª colocação, abrindo a zona de rebaixamento.

O jogo
O Boa teve o primeiro lance de perigo do jogo, logo com um minuto de partida. Bruno Felipe recebeu passe em profundidade, ficou cara a cara com o goleiro, mas bateu fraco e Ruan defendeu. Aos nove, o Boa chegou novamente: Radamés cobrou falta, Ruan espalmou para o meio e, no rebote, quase que o ataque boveta consegue abrir o placar no Maranhão.

O Sampaio Corrêa, jogando em casa, equilibrou o jogo e teve boa chance aos 13min. Pimentinha foi lançado pelo lado direito, entrou sozinho na área, porém falhou na finalização e chutou por cima do gol de Andrey.

Na marca de 43 minutos o lateral esquerdo Raí, do Sampaio Corrêa, que entrou no lugar de Willian Simões, lesionado, bateu uma falta pela direita e quase enganou o goleiro do Boa. A bola quicou em cima de Andrey, que conseguiu mandar para escanteio.

A segunda etapa da partida começou arrastada, com mesmo equilíbrio mostrado na etapa inicial. A emoção ficou por conta do gol do time da casa, marcado aos 13 minutos. Douglas Oliveira cobrou pênalti com perfeição e abriu o placar.

O atacante Pimentinha continuou a infernizar a zaga do Boa Esporte. Aos 20min, o jogador chegou com velocidade pelo setor direito do campo, invadiu a área, mas novamente chutou por cima do gol de Andrey.

O Sampaio ampliou o marcador aos 34 min, com um gol de voleio de Nadson, após cruzamento para a área. Cinco minutos depois, Pimentinha fez o terceiro. O atacante foi lançado em profundidade, tentou o driblar o goleiro, não conseguiu, mas ficou com a sobra e mandou para rede.

Depois de tomar o terceiro gol, o Boa Esporte ficou totalmente entregue. Radamés ainda cobrou falta com perigo, porém a bola saiu à esquerda de Ruan. O Sampaio administrou a vantagem nos minutos finais do jogo e saiu de campo com mais uma vitória.

FICHA TÉCNICA 
SAMPAIO CORRÊA 3 X 0 BOA ESPORTE
Local: Estádio Castelão, em São Luís (MA)
Data: 11 de julho de 2015, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Emanuel Alinor Silva da Paixão (MT)
Assistentes: Lorival Candido das Flores (RN) e Jean Marcio dos Santos (RN)
Cartões amarelos: Daniel, Marcelinho, Plínio e Douglas Oliveira (Sampaio Corrêa); Wallace, Cléo Silva e Kleiton Domingues (Boa Esporte)
GOLS: 

SAMPAIO CORRÊA: Douglas Oliveira, aos 13 minutos do segundo tempo, Nadson, aos 34, e Pimentinha, aos 39

SAMPAIO CORRÊA: Ruan; Daniel (Marcelinho), Luiz Otávio, Plínio e Willian Simões (raí); Moisés (Léo Salino), Diones, Nadson, Valber e Pimentinha; Douglas Oliveira
Técnico: Léo Condé

BOA ESPORTE: Andrey; Moacir, Everton Sena, Wallace e Sheslon; Alê, Radamés, Cléo Silva, Clébson (Márcio Diogo) e Kleiton Domingues (Erick Luís); Bruno Felipe (Danilo Neves)
Técnico: Moacir Júnior


Comentários