COPA DO BRASIL 2015: Com gol no fim, Figueira bate Botafogo e vai às oitavas da Copa do Brasil

MARCÃO SACRAMENTOU  A CLASSIFICAÇÃO NOS MINUTOS FINAIS DE PARTIDA
RIO DE JANEIRO - Com gol nos acréscimos, o Figueirense venceu o Botafogo por 1 a 0, nesta terça-feira (14/7), no Estádio Nilton Santos, pela partida de volta da 3ª fase da Copa do Brasil. O resultado garantiu a classificação dos catarinenses para as oitavas de final da competição. O gol da vitória dos visitantes veio em uma finalização de letra de Marcão.
Durante os 90 minutos, as duas equipes tiveram altos e baixos e desperdiçaram boas chances. Os goleiros Jefferson e Alex Muralha trabalharam bastantes e impediram os gols no Rio de Janeiro. No entanto, já nos acréscimos, os catarinenses chegaram a vitória com um gol de letra de Marcão para sacramentar a classificação dos visitantes.
O jogo - O Figueirense surpreendeu no início ao buscar o ataque e quase abriu o placar logo com três minutos. Marquinhos Pedroso fez boa jogada, tocou para Jefferson, que cruzou para Marcão cabecear com perigo ao gol do goleiro Jefferson.
O lance fez o Botafogo acordar e passar a chegar ao ataque com mais intensidade. Tanto que em três minutos, os donos da casa desperdiçaram três boas chances. Na primeira, Marquinhos Pedroso impediu a finalização de Luís Henrique na área. Depois, Alex Muralha fez boa defesa em cabeçada de Diego Giaretta. Na terceira, Elvis aproveitou cruzamento na área, chutou, mas a bola bateu na zaga e passou próxima ao gol.
O Figueirense não se manteve acuado e em um contra-ataque criou nova chance. Marcão aproveitou novo cruzamento de Jefferson, mas parou no goleiro botafoguense, que fez grande defesa. A resposta do Botafogo veio em seguida. Luís Ricardo cruzou, Luís Henrique fez o corta-luz para a chegada de Rodrigo Pimpão. O atacante chutou no canto, mas Alex Muralha se esticou para salvar os catarinenses.
A partir dai, o que se viu foi o Botafogo dominar o confronto e criar diversas chances de abrir o placar. Aos 25 minutos, Elvis fez grande jogada e finalizou para defesa melhor ainda de Alex Muralha. Cinco minutos depois, foi a vez de Rodrigo Pimpão ir bem na frente e cruzar para Luís Henrique cabecear, só que para fora. Em seguida, o goleiro catarinense saiu mal e viu Pimpão tentar de longe. No entanto, a bola foi pela linha de fundo.
Na parte final, o Figueirense melhorou a marcação e conseguiu equilibrar o confronto. Tanto que os catarinenses assustaram o último lance da etapa inicial. Dudu levou a melhor sobre Jean, mas chutou por cima do travessão. Assim, o duelo foi para o intervalo sem alteração no placar no Nilton Santos.
No segundo tempo, os visitantes mais uma vez tiveram grande chance no início. Logo com um minuto, Thiago Santana foi lançado na área, finalizou, mas Luís Ricardo apareceu para salvar o Botafogo. Só que os donos da casa não demoraram para equilibrar o duelo. Tanto que os nove minutos, Tomas acertou o travessão de Alex Muralha.
Após o começo movimentado, o jogo teve uma queda de rendimento na questão da criação de bons lances. As duas equipes seguiam com a vocação ofensiva, mas sem muita objetividade. Somente aos 24 minutos, os botafoguenses tomaram mais um susto. Yago cruzou, Roger Carvalho tentou fazer o corte e acertou uma cabeçada na trave, quase marcando um gol contra.
O lance fez o Botafogo acordar e voltar a ter o controle da partida. Por duas vezes, jogadores cariocas tiveram a chance de marcar, só que foram travados pela zaga catarinense no momento do chute.
Na parte final, o confronto tomou contornos de dramaticidade, pois o Figueirense passou a buscar o gol da classificação. Os visitantes quase chegaram às redes aos 36 minutos, em mais uma cabeçada de Marcão. Depois, foi a vez de Everaldo receber passe na área e finalizar para grande defesa com os pés de Jefferson.
O Botafogo recuou de vez e somente se defendeu, mas sofreu o revés já nos acréscimos. Marcão recebeu cruzamento na área e finalizou de letra para a rede para dar a classificação para o Figueirense.

Comentários