COPA DO BRASIL 2015: Vasco derrota o Flamengo e abre vantagem nas oitavas da Copa do Brasil.

JORGE HENRIQUE COMEMORA SEU PRIMEIRO GOL COM A CAMISA VASCAÍNA
RIO DE JANEIRO - O técnico Jorginho estreou com o pé direito no comando do Vasco. O time não marcava há quatro jogos, não vencia há cinco, porém, na noite desta quarta-feira (19/8), jogou melhor e derrotou o Flamengo por 1 a 0, pela partida de ida das oitavas-de-final da Copa do Brasil. Jorge Henrique foi o autor do gol da vitória cruzmaltina.

Com a vitória, o Gigante da Colina abre vantagem para a partida de volta das oitavas-de-final e agora joga pelo empate para avançar às quartas. Ao Flamengo resta vencer por mais de um gol de diferença para se classificar. Empate com mesmo placar do primeiro jogo, a decisão vai para os pênaltis. 

A partida de volta entre vascaínos flamenguistas será na próxima quarta-feira (26/8), às 22h, novamente no Maracanã. Antes disso, as duas equipes entrarão em campo neste fim de semana, pela abertura do returno do Campeonato Brasileiro. O Vasco vai a Goiânia, encarar o Goiás, no sábado (22/8), às 18h30 no Serra Dourada. Já o Flamengo recebe o São Paulo, no Maracanã, no Domingo (23/8), às 16h

O jogo
Faltou gol, mas sobrou falta no primeiro tempo no Maracanã. A forte marcação tornou a partida truncada e Martín Silva e César fizeram apenas uma grande defesa cada um nas melhores chances criadas. No total, foram 12 cartões amarelos distribuídos, sete dos quais para o Vasco, e mais de 40 faltas marcadas.

Após o intervalo, o Cruz-Maltino voltou melhor e, aos 13 minutos, Jorge Henrique abriu o placar após jogada de Riascos. Aos 25 a situação do Flamengo ficou mais complicada: com o tanto de cartões distribuídos, mais cedo ou mais tarde alguém seria expulso. O eleito foi Wallace, que cometeu falta grosseira em Madson e levou o segundo amarelo, deixando o Rubro-Negro com dez.

Com o cansaço e em desvantagem, o Fla não teve forçar para reagir. Coube ao Vasco apenas administrar o resultado. Jorginho vai dormir feliz após a primeira de muitas batalhas que irá enfrentar no camando do time da Colina, ao contrário do seu colega Cristóvão Borges, que vai ficar com a orelha quente a noite inteira após os gritos de 'Burro! Burro!' das arquibancadas.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 0 X 1 VASCO
(Jogo de ida das oitavas de final)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 19 de agosto de 2015, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Público: 34.840 presentes
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa (Fifa-RJ) e Dibert Pedrosa Moisés (RJ)
Cartão Amarelo: Wallace, Márcio Araújo, Canteros, Emerson Sheik (Flamengo); Julio dos Santos, Riascos, Nenê, Anderson Salles, Rodrigo, Dagoberto, Serginho, Thalles (Vasco)
Cartão Vermelho: Wallace (Flamengo)
Gol:
VASCO: Jorge Henrique, aos 12 minutos do segundo tempo
FLAMENGO: César; Pará, Wallace, Marcelo e Jorge; Canteros, Márcio Araújo e Everton (Samir); Ederson (Jajá), Emerson Sheik e Paolo Guerrero
Técnico: Cristóvão Borges
VASCO: Martín Silva; Madson, Anderson Salles, Rodrigo e Christiano; Pablo Guiñazu, Serginho, Julio dos Santos e Nenê (Jhon Cley): Jorge Henrique (Dagoberto) e Riascos (Thalles)
Técnico: Jorginho


Comentários