BRASILEIRO DA SÉRIE B 2015: Sampaio Corrêa empata com o Náutico e se mantém no G-4

O SAMPAIO DORMIU NA VICE-LIDERANÇA, MAS PODE SER ULTRAPASSADO
SÃO LOURENÇO DA MATA - O Sampaio Corrêa enfrentou o Náutico na noite desta sexta-feira (4/9), na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE), de olho na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Uma vitória simples e o Tubarão assumiria a ponta da competição de forma provisória. Mas os maranhenses acabaram empatando por 1 a 1 com os pernambucanos. A equipe comandada pelo técnico Léo Condé até saiu na frente com meia Diones, porém viu os donos da casa reagirem com Patrick Viera.

Com o resultado, o Sampaio Corrêa é o vice-líder da competição, com 39 pontos, mas ainda na espera pelos jogos de Vitória, Bahia e Paysandu, que podem ultrapassar o time de São Luís. Já o Náutico é o sexto colocado, com 36.

O Sampaio Corrêa agora irá enfrentar o América-MG pela 24ª rodada da Série B, na próxima-terça-feira, às 16h30 (de Brasília), no Castelão, em São Luís. Já o Náutico visita o Ceará em Fortaleza, na segunda-feira, às 19 horas.

O jogo
A partida na Arena Pernambuco começou com tudo. Com apenas seis minutos de bola rolando no primeiro tempo, o Sampaio Corrêa abriu o marcador do duelo. Nadson cobrou escanteio e Diones subiu mais alto que os defensores para assinalar o tento dos maranhenses.

Jogando em casa, o Náutico não demorou em responder. Quase 10 minutos após o gol do elenco do Maranhão, o time pernambucano igualou o placar em 1 a 1. Hiltinho e Rogerinho fizeram boa jogada e a bola acabou sobrando para Patrick Vieira, que limpou a marcação e fez um belo tento.

Após os gols, o clima da partida esfriou no primeiro tempo e poucos lances foram criados pelas equipes. O maior perigo da etapa foi criado aos 45 minutos, quando Raí cruzou na área, Ronaldo tirou, mas Nadson pegou o rebote e bateu em direção ao arco, mas a bola passou ao lado da baliza defendida por Júlio César.

Na segunda etapa, os jogadores de ambas as equipes pouco criaram. O Náutico chegou a assustar em uma falta cobrada por Lucas Farias, que passou por todo mundo, enquanto o Sampaio Corrêa teve o segundo gol nos pés de Jheimy, mas o atacante bateu fraquinho, sendo desarmado por Ronaldo Alves. O Náutico também teve uma boa chance com Bérgson, mas a bola passou ao lado da baliza.

Mesmo sem criar grandes oportunidades, o Náutico passou a dominar o confronto na parte final do segundo tempo, deixando o Sampaio preso em sua zona defensiva. Nos últimos minutos, o Náutico criou uma boa chance quando Filgueira cruzou e Douglas chutou, obrigando Rodrigo Viana a fazer uma bela defesa.

FICHA TÉCNICA:
NÁUTICO 1 X 1 SAMPAIO CORRÊA
Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Data: 4 de setembro de 2015, sexta-feira
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Lorival Cândido das Flores e Ubiratan Bruno Viana (ambos do RN)
Cartões amarelos: Douglas (Náutico); Léo Salino, Diones e Edgar (Sampaio Corrêa)
GOLS: NÁUTICO: Patrick Vieira, aos 17 minutos do 1º tempo
SAMPAIO CORRÊA: Diones, aos 6 minutos do 1º tempo

NÁUTICO: Júlio César; Lucas Farias, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Gastón Filgueira; João Ananias, Marino, Patrick Vieira (Daniel Morais), Rogerinho (Bergson) e Hiltinho (Renato); Douglas.
Técnico: Lisca

SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Viana; Marcelinho, Mimica, Luiz Otávio e Raí; Diones, Léo Salino, Válber (Léo Rodrigues) e Nadson; Pimentinha (Edgar) e Jheimy (Douglas Oliveira).
Técnico: Léo Condé



Comentários