BRASILEIRO DA SÉRIE B 2015: Sampaio empata com Criciúma no Heriberto Hülse e segue fora do G-4 .

MARCOS ASSUNÇÃO FEZ O CATARINENSE NOS MINUTOS FINAIS DO JOGO
CRICIÚMA - O empate do Bahia diante do Ceará, na abertura da 26ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, deixou o Sampaio Corrêa a uma vitória de entrar no G-4 da competição. O time maranhense foi à Santa Catarina e derrotava o Criciúma até o fim do duelo, quando Marcos Assunção marcou um golaço de falta e decretou o empate em 1 a 1.
O gol que abriu o placar foi marcado aos 23 minutos do primeiro tempo. Léo Rodriguez fez jogada individual pela direita, cruzou, Douglas tentou finalizar de letra, furou e Válber finalizou com a coxa, mandando a bola para o fundo do gol.
A equipe catarinense pressionou e quase chegou ao empate aos 29 minutos da segunda etapa, quando o árbitro anotou pênalti em cima de Neto Baiano. Contudo, quando a cobrança estava prestes a acontecer, o mesmo juiz voltou atrás e anulou a cobrança, cancelando também o cartão amarelo para o zagueiro Luis Otávio.
Aos 43 minutos, contudo, Marcos Assunção teve uma falta na meia lua e não desperdiçou, cobrando com perfeição no ângulo.
O Sampaio Corrêa chegou aos 43 pontos, ficando a dois de Vitória e Bahia, terceiro e quarto colocados da Série B, respectivamente. Já o Criciúma, que chegou ao décimo empate no torneio, está na 11ª colocação, com 34 pontos.
No próximo sábado, Bahia e Sampaio Corrêa fazem confronto direto na Fonte Nova, enquanto o Criciúma recebe o Luverdense novamente no seu estádio.

O jogo
A primeira jogada da partida já apresentou perigo ao Sampaio Corrêa. Logo no primeiro minuto, o Criciúma tomou a bola e acabou levando a falta. O experiente Marcos Assunção partiu para a cobrança, mas a boa tirada do goleiro Rodrigo desviou a trajetória e mandou a redonda para escanteio.
O Sampaio Corrêa emplacou duas boas chances seguidas pouco depois. Primeiro com Léo Rodrigues chutando para fora na cara da meta; depois com Edgar, em bloqueio rápido de Luiz.
Aos 14 minutos, Wanderson aproveitou uma bola de chuveirinho na área e cabeceou em direção ao gol, mandando a chance do Criciúma para fora. O Sampaio abriu o placar um pouco mais tarde, aos 23 minutos. Léo Rodrigues iniciou uma jogada pela direita e cruzou na área. Douglas ainda tentou se adiantar, mas Válber foi quem encontrou a bola e mandou direto no canto esquerdo do gol, abrindo o placar no Heriberto Hulse.
Quase na sequência, Edgar seguiu até a linha de fundo, de onde fez um cruzamento para a grande área; Douglas ainda buscou a bola, porém não chegou a tempo para finalizar.
Marcos Assunção foi exigido novamente e, aos 30, realizou outra cobrança de falta próximo da área dos visitantes. Rodrigo Viana se esticou e, pela segunda vez, evitou um gol do veterano. Próximo do fim, com 42 de jogo, o Criciúma perdeu uma grande oportunidade de igualar os marcadores. Maicon Silva passou pela marcação e trocou passes com Hugo, livre na área, que finalizou mal.
Tranquilo pelo placar vantajoso fora de casa, o Sampaio Corrêa se mostrou à vontade nos gramados catarinenses. Na volta do intervalo, a equipe comandada pelo técnico Leonardo Condé criou boas chances com Edgar e Válber, que quase ampliaram aos 8 minutos em jogada do primeiro pela esquerda; o chute cruzado não alcançou o último. Os visitantes conseguiram segurar o ímpeto dos anfitriões no meio-campo, afetando diretamente o setor de criação.
A reação do Criciúma começou ao longo da segunda metade do período. Com 23 minutos, Hugo deu um passe para Dudu na área, que acabou mandando a bola de raspão na trave. Pouco depois, aos 29, uma pequena confusão se instaurou na área do Sampaio Corrêa. Inicialmente o árbitro Daniel Nobre marcou pênalti de Luiz Otávio sobre Neto Baiano. Mas após uma conversa com os assistentes, o juiz voltou atrás e tirou não só o amarelo do zagueiro como também a marcação da penalidade.
Marcos Assunção aproveitou as oportunidades para consolidar seu nome no Heriberto Hulse. Aos 37, o jogador fez outra boa cobrança de falta e obrigou Rodrigo a realizar uma difícil defesa. Mas com 43, Assunção conseguiu garantir o empate com gol de falta. A bola saiu em curva e caiu no ângulo, igualando tudo em Criciúma.
FICHA TÉCNICA:

CRICIÚMA 1 x 1 SAMPAIO CORRÊA

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 15 de setembro de 2015, terça-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Daniel Nobre Bins (CBF-2/RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (CBF-2/RS) e Sérgio Alexandre da Silva (CBF-2/MS)
Público: 6358 pessoas
Renda: R$ 63.790,00
Cartões amarelos: Edson e Roger Guedes (Criciúma); Daniel, Edgar, Raí e Luiz Otávio (Sampaio Corrêa)
Gols:
CRICIÚMA: Marcos Assunção, aos 43 minutos do segundo tempo
SAMPAIO CORRÊA: Válber, aos 23 minutos do primeiro tempo
CRICIÚMA: Luiz, Maicon Silva, Wanderson, Adalberto e Guilherme Santos; Marcão (Roger Guedes), Marcos Assunção, Rodrigo (Dudu) e Hugo; Maurinho (Natan) e Neto Baiano
Técnico: Dejan Petkovic
SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Viana; Daniel(Marcelinho), Luíz Otávio, Plínio e Willian Simões (Raí); Dê, Léo Salino, Válber e Léo Rodrigues; Edgar (Nadson) e Douglas Oliveira
Técnico: Leonardo Condé


Comentários