FUTEBOL INTERNACIONAL: Barcelona goleia o Rayo, Neymar faz quatro, e assume artilharia do Espanhol.

NEYMAR MARCOU QUATRO NA VITÓRIA DE 5 DO BARCELONA
BARCELONA - Na ausência de Messi, Neymar continua sendo o grande nome do Barcelona. Neste sábado (17), o atacante brasileiro chamou para si a responsabilidade de virar uma partida difícil da equipe catalã e jogou tanta bola que transformou o complicado 1 a 0 do Rayo Vallecano, em pleno Camp Nou, em um 5 a 2 para os anfitriões, com direito a quatro gols seus e uma assistência.
Foi a quinta vez que ele anotou quatro tentos ou mais em uma partida. Pelo Santos, o craque disparou cinco diante do Guarani, em 2010, e quatro contra Atlético-PR e União Barbarense, em 2011 e 2013, respectivamente. Pela Seleção Brasileira, ele balançou a rede do Japão em quatro oportunidades no amistoso disputado entre as equipes, no ano passado.
“Certamente, essa partida está no meu top 10 de jogos pelo Barça”, disse o avante na saída do gramado. Ele também assumiu a artilharia do Campeonato Espanhol ao alcançar oito gols, dois a mais que o francês Benzema. De quebra, manteve o time azul-grená empatado com os Merengues em 18 pontos, ambos provisoriamente no topo da tabela. O Villarreal, que encara o Celta de Vigo neste domingo, às 7h (de Brasília), retoma a liderança em caso de vitória.
O show dele começou no primeiro lance do jogo, arrancando em meio à defesa adversária e sofrendo falta frontal. Bem organizado, porém, o Rayo conseguiu fazer frente ao Barça e impôs seu estilo de jogo, retendo bastante a posse de bola. Aos 15 minutos, acabou recompensado pela atitude e conseguiu abrir o placar com Javi Guerra, que aproveitou cruzamento e desviou na primeira trave.
Depois, o camisa 11 fez questão de decidir. Primeiro, invadiu a área e foi derrubado por Llorente próximo à linha de fundo. Pênalti, batido e convertido por ele. Depois, deu um rolinho em Nacho e acabou sendo puxado pela camisa, novamente por Llorente. Outro pênalti, mais uma vez convertido pelo brasileiro.
Mesmo com a virada, o jogo seguiu perigoso para os donos da casa. O Barcelona só não viu os visitantes empatarem nos primeiros dez minutos da etapa final porque Bravo fez três grandes defesas em lances cara a cara contra adversários. Foi a senha para Neymar acordar novamente e, em rebote de Suárez, fazer o terceiro. Um minuto depois, após outra jogada do uruguaio, empurrou a bola para dentro e guardou o quarto.
Em retribuição, o ex-santista descolou belo cruzamento para o companheiro, que bateu de primeira e fez o quinto. Já nos acréscimos, Jozabed diminuiu para o valente Rayo. O jogo estava tão tranquilo, no entanto, que deu até para Luis Enrique promover a entrada do ex-tricolor Douglas no final.

Comentários