BRASILEIRO DA SÉRIE B 2015: Com show de Nadson, Sampaio bate o ABC e segue firme a luta pelo acesso à Série A.

O BAIXINHO NADSON FEZ OS TRÊS GOLS DA VITÓRIA DA EQUIPE MARANHENSE
NATAL (RN) - Com direito a um hat-trick do meia Nadson, na noite deste sábado (31/10), no Frasqueirão, em Natal-RN, o Sampaio Corrêa venceu o ABC fora de casa por 3 a 2, pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e segue firme na luta pelo acesso a elite do futebol brasileiro.

O camisa 10 Tricolor balançou as redes da equipe potiguar, uma vez no primeiro tempo e duas no segundo. Bismark, ainda na etapa inicial, descontou para o ABC e Adriano Alves, nos acréscimos da etapa fial fez o segundo do time anfitrião.
Com o resultado, o Sampaio foi a 53 pontos e na quinta colocação, a ponto do Bahia, que é o último na zona do acesso à Série A. Já o ABC segue com apenas 28 pontos, é o 18º colocado, a 10 pontos do Macaé, primeiro time fora da zona de rebaixamento, faltando cinco rodadas para o fim do campeonato.
Desesperado, o ABC tenta iniciar o milagre do qual precisa para permanecer na Série B na próxima sexta-feira, quando visita o Ceará no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza.
Já o Sampaio Corrêa segue em busca de um lugar no G-4 em duelo o Oeste, no Castelão, no próximo sábado.

O JOGO
Os donos da casa partiram para cima no início e, logo aos três minutos, Bismark invadiu a área com perigo e só não marcou porque o zagueiro Plínio apareceu bem para fazer o corte. Trocando passes no campo de ataque, o Ceará só voltou a ser incisivo aos 14, quando Ednei cobrou escanteio com veneno e o goleiro Rodrigo Viana teve de se esticar para mandar a bola para fora.
O Sampaio Corrêa respondeu em seguida, com sua primeira finalização perigosa da partida: Nadson bateu forte de longe e a bola passou raspando a trave de Saulo. A partida era movimentada e, aos 17, Bismark recebeu de Fábio Bahia e deixou no meio para Romarinho, que bateu e acertou a trave visitante. A partir de então, no entanto, os visitantes passaram a ser mais perigosos, principalmente em chutes de dentro da área potiguar.
Os donos da casa só voltaram a ameaçar aos 27, quando Marcílio fez boa jogada pela esquerda, bateu forte e parou em linda defesa de Rodrigo Viana. O time alvinegro ainda conseguiu esboçar uma pressão, mas não aproveitou suas oportunidades e, aos 44 minutos, Nadson marcou para colocar o Sampaio em vantagem. O meia recebeu de Jheimy e bateu com categoria para superar Saulo e abrir o placar momentos antes do intervalo.
A equipe da casa voltou dos vestiários correndo atrás do prejuízo e jogando com muita intensidade, mas pouca criatividade, e a primeira chance aguda foi dos visitantes: aos quatro minutos, Jheimy recebeu de Henrique e desviou em direção ao gol, mas acertou o travessão de Saulo. O centroavante teve outra chance pouco depois, mas chutou em cima do zagueiro Adriano Alves e, no rebote, mandou por cima.
O técnico Sérgio China reagiu ao mau momento da equipe trocando Rafael Miranda por Reginaldo e, três minutos depois, viu o Alvinegro conseguir o empate. Aos 13, Bismark recebeu de Reginaldo e bateu forte de primeira para igualar o marcador. A alegria, entretanto, durou exatamente cinco minutos. Nadson, de novo, concluiu para o fundo do gol após receber toque de Saulo, e recolocou o Sampaio na dianteira.
Em bom momento na partida, o Sampaio quase ampliou aos 24, quando Saulo fez boa defesa em chute de longa distância de Jheimy e foi rápido para evitar que Henrique pegasse o rebote. As duas equipes ainda tiveram modificações na sequência, com Vanger entrando no lugar de Henrique no time visitante e Jones substituindo Jandson Chiclete entre os alvinegros.
Mas Nadson queria mais, e voltou a balançar a rede pela equipe maranhense aos 36 minutos. Em contragolpe rápido, o meia recebeu lançamento da esquerda, matou no peito e bateu na saída de Saulo para anotar seu terceiro na partida e fechar a conta.
Pouco depois, saiu aplaudido pela torcida visitante para a entrada de Alex Maranhão. A partida ainda reservava emoções: aos 45 minutos, o zagueiro Adriano Alves completou cruzamento de Ednei para descontar.

                                                   FICHA TÉCNICA
ABC 2 x 3 SAMPAIO CORRÊA
Local: Estádio Frasqueirão, em Natal (RN)
Data: 31 de outubro de 2015, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Assistentes: Evandro Gomes Ferreira e Márcio Soares Maciel (ambos de Goiás)
Público: 3.533 pessoas
Renda: R$ 25.610
Cartão amarelo: Sueliton (ABC)
GOLS: ABC: Bismark, aos 13, e Adriano Alves, aos 45 minutos do segundo tempo
SAMPAIO CORRÊA: Nadson, aos 44 do primeiro tempo, aos 18 e aos 36 minutos do segundo tempo


ABC: Saulo; Ednei, Sueliton, Adriano Alves e Marcílio; Fábio Bahia, Rafael Miranda (Reginaldo), Erivélton, Jandson Chiclete (Jones) e Bismark (Pingo); Romarinho. Técnico:Sérgio China

SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Viana; Daniel, Plínio, Luiz Otávio e Raí; Léo Salino (Edimar), Diones, Nadson (Alex Maranhão), Henrique (Vanger) e Válber; Jheimy. Técnico: Leonardo Condé

Comentários