FUTEBOL INTERNACIONAL: PSG atropela o lanterna por 9 a 0 e leva o título com oito rodadas de antecipação.

O JOGADORES DA EQUIPE FRANCESA COMEMORAM  GOL DE PASTORE
TROYES (FRANÇA) -  Os torcedores do Paris Saint-Germain, da França, não cansam de comemorar. Após vibrarem com a classificação de sua equipe às quartas de final da Liga dos Campeões, quando o PSG eliminou o Chelsea, da Inglaterra, na última quarta-feira (9/3), hoje foi a vez de festejar o título do Campeonato Francês 2016 de forma antecipada. Em partida válida pela 30º rodada a equipe do gigante Ibrahimovic atropelou o lanterna Troyes por 9 a 0, e garantiu matematicamente o título francês a oito rodadas do fim.

O título deste domingo (13/3) veio em grande estilo dentro de campo. Além da chuva de gols, o craque do time, Ibrahimovic, marcou três vezes em um espaço de 11 minutos, demostrando a enorme superioridade do PSG. 

O feito foi deste domingo foi o quarto consecutivo da equipe parisiense de era milionária. A hegemonia da equipe do técnico Blanc, só é menor do  que a do Lyon, que sob a batuta do brasileiro Juninho Pernambucano venceu o campeonato francês por sete vezes seguidas, entre 2001 a 2008. 

A goleada parisiense começou as 13 minutos, quando a defesa dos donos da casa se complicou em um recuo para o goleiro. Atento, o atacante Cavani, robou a bola e só empurrou para um fundo da rede.

Após abrir o placar, o PSG continuou pressionando o adversário. Aos 17 minutos, o meia Pastore ampliou para o PSG com um golaço, após lindo passe de calcanhar de Ibrahimovic.

O terceiro gol chegou um minuto depois com Rabiot. O volante aproveitou o rebote do goleiro Dreyer, após chute de Cavani e finalizou. O gol foi o último da primeira etapa.

Veio a segunda etapa e começou o show do sueco Ibrahimovic. O atacante que havia passado em branco na primeira parte do jogo, vez logo um hat-trick. No primeiro minuto, o sueco recebeu de Cavani e bateu para aumentar a conta. Aos 7, o atacante completou com classe cruzamento de Di Maria, e aos 11, Kurzawa levantou na área para o camisa 10 selar sequência extraordinária de gols em sequência.

Havia tempo para mais. Aos 13, novo cruzamento de Kurzawa, mas dessa vez foi Saunier, o próprio lateral do Troyes, que mandou para dentro do próprio gol. Cavani deixou mais um na sua conta pessoal aos 29, depois de cobrar pênalti, desperdiçar, mas aproveitar o rebote. E ninguém melhor que Ibrahimovic para fechar o passeio histórico. Já aos 43 minutos, Zlatan aproveitou contra-ataque puxado por Pastore e bateu de canhota, para dar números finais a uma goleada inesquecível e preparar a festa do título em grande estilo.

Comentários