FUTEBOL INTERNACIONAL: Armero é preso por nos Estados Unidos por violência doméstica.

ARMERO NÃO FOI CONVOCADO PARA A COPA AMÉRICA CENTENÁRIA
MIAMI - Ex-jogador do Palmeiras, Flamengo e Seleção da Colômbia, Pablo Armero, foi detido nesta terça-feira (31/5) pela polícia de Miami, Estado Unidos, acusado de violência doméstica contra a mãe de seus dois filhos, de acordo com a TV CBS Miami. O lateral-esquerdo, que atualmente defende o Udinese, da Itália, não foi convocado para disputar a Copa América, teria se desentendido com a mulher em um hotel da cidade da Flórida e cortado um pedaço de seu cabelo. O jogador, porém, alega que ela havia pedido para que ele cortasse o cabelo.
Segundo o relatório da prisão divulgado pelo canal de televisão, a polícia foi ao hotel depois de algumas reclamações sobre um casal em um dos quartos. Quando entraram no quarto, encontraram cabelo no chão e uma mulher sem um pedaço de cabelo. Chorando, ela contou que tinha ido beber com Armero e que, após voltarem ao quarto, ele teria usado força física quando ela rejeitou suas tentativas. Em um ponto do desentendimento, Armero pegou uma máquina de cortar cabelo e cortou o cabelo da mulher.
O lateral alega que foi a mulher quem pediu para que ele cortasse o cabelo, mas o relato diz que ela reagiu a essa declaração chorando histericamente e questionou "Por que eu pediria para ele cortar meu cabelo?". A vítima disse à polícia que há um histórico de violência doméstica entre eles, mas que o incidente desta terça havia sido demais.

Comentários