FUTEBOL MARANHENSE: Após suposta" agressão a repórter, Sérgio Frota dar sua versão sobre o caso.

SÉRGIO FROTA EXPLICOU O CASO EM NOTA NO SITE DO CLUBE
SÃO LUÍS - Após ter seu nome envolvido nos últimos dias em um "suposto" episódio de agressão ao repórter Noel Soares, o presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota veio a público para dar sua versão do caso.
Entenda
Na última sexta-feira (15/7) o Sampaio Corrêa amargou a terceira partida seguida sem triunfar na Série B do Campeonato Brasileiro ao empatar sem gols com Bahia, pela 16ª rodada da competição nacional. Após a partida, o jornalista Noel Soares, da Rádio Timbira, se dirigiu em direção ao mandatário da equipe maranhense para entrevistá-lo e foi recebido com desrespeito, seguido de ameaças físicas que só não se concretizaram devido a intervenção de pessoas próximas. Isso, segundo Noel Soares.
Na manhã desta quinta-feira (20/7) Sergio Frota deu sua versão do caso em nota no site do clube e negou a agressão.
- As críticas fazem parte do meu cotidiano. Sei encarar qualquer tipo de apreciações e sustentar meus argumentos na base do respeito e compressão. Falo principalmente em relação à imprensa, seguimento que nutro grande admiração e deferência. Não posso admitir é que seja tratado com escárnio, como na situação que fui abordado ao término da partida do Sampaio contra o Bahia. Isso eu não posso aceitar. O senso de ética tem que prevalecer, seja em qualquer circunstância, afirmou Sérgio Frota.
Sobre a "suposta" agressão, ele nega.
- Não existiu nenhum tipo de agressão física, tenho testemunhas quanto a isso. Houve sim ironia da parte do repórter e uma resposta à altura, com os ânimos um pouco exaltados de ambos os lados, Disse.
Por fim, Sérgio Frota ressaltou a importância da imprensa no meio esportivo, mas enfatizou que tem que haver harmonia entre os envolvidos.
- Vejo e sempre vou ver a crônica esportiva como elemento fundamental na difusão e propagação do nosso esporte e entendo que é preciso que estejamos juntos para o fortalecimento do desporto maranhense, com os olhos pautados no respeito e dedicação mútuos, encerrou.

Comentários