VÔLEI DE PRAIA INTERNACIONAL: Bruno Schmidt é eleito o melhor do mundo no vôlei de praia pela segunda vez.

É A SEGUNDA VEZ QUE BRUNO SCHIMIDT É ELEITO O MELHOR DO CIRCUITO
LAUSANE (SUÍÇA) - O brasileiro Bruno Schimidt, medalha de ouro no Rio 2016, foi eleito pela segunda vez seguida o melhor jogador de vôlei de Paria do mundo. A Federação Internacional de Vôlei anunciou os ganhadores de 2016 nesta sexta-feira (21/10), em Lausane na Suíça. Bruno também havia ganho o prêmio em 2015. Ele também foi considerado o melhor defensor, além de esportista do ano.
Outros brasileiros também foram premiados. O parceiro de Bruno, Alison, que também foi ouro no Rio, levou o troféu de melhor atacante do Circuito. Guto, que não participou das Olímpiadas, foi o novato do ano, enquanto Evandro, parceiro de Pedro Solberg no Rio 2016, ficou com o prêmio de melhor saque.
A Federação Internacional também anunciou as melhores no feminino. Destaque para a brasileira Larissa. Eliminada nas semifinais dos Jogos do Rio, ao lado de Talita, ela foi eleita a melhor jogadora ofensiva e melhor levantamento. Duda Lisboa, por sua vez, foi a novata do ano.
A melhor jogadora do Circuito foi a alemã Laura Ludwig, medalha de ouro nas Olímpiadas, ao lado de Kira Walkenhorst, que levou o troféu de principal bloqueadora de 2016. Ludwig também levou o prêmio de esportista do ano.
Confira os melhores do vôlei de praia em 2016:
FEMININO
Melhor jogadora – Laura Ludwig (Alemanha)
Melhor ataque – Kerri Walsh (EUAl)
Melhor bloqueio – Kira Walkenhorst (Alemanha)
Melhor jogadora defensiva – Heather Bansley (Canadá)
Melhor jogadora ofensiva – Larissa França (Brasil)
Melhor levantamento – Larissa França (Brasil)
Melhor saque – April Ross (EUA)
Novata do ano – Duda Lisboa (Brasil)
Jogadora mais inspiradora – Nadine Zumkehr (Suíça)
Jogadora que mais evoluiu – Joana Heidrich (Suíça)
Esportista do ano – Laura Ludwig (Alemanha)
MASCULINO
Melhor jogador – Bruno Schmidt (Brasil)
Melhor ataque – Alison Ceruti (Brasil)
Melhor bloqueio – Paolo Nicolai (Itália)
Melhor jogador defensivo – Bruno Schmidt (Brasil)
Melhor jogador ofensivo – Janis Smedins (Letônia)
Melhor levantamento – Phil Dalhausser (EUA)
Melhor saque – Evandro Gonçalves (Brasil)
Novato do ano – Guto Carvalhaes (Brasil)
Jogador mais inspirador – Reinder Nummerdor (Holanda)
Jogador que mais evoluiu – Piotr Kantor (Polônia)
Esportista do ano – Bruno Schmidt (Brasil)

Comentários