BASQUETE: Cesar Guidetti não se importa em ser chamado de interino: “Não me incomoda”

CESAR GUIDETTI, TÉCNICO DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE BASQUETE PRINCIPAL

SÃO PAULO - O novo treinador da seleção brasileira de basquete masculino, César Guidetti, não se importa em ser apenas o interino até a Copa América. Escolhido pela CBB após comandar o EC Pinheiros nas últimas temporadas, Guidetti foi sucinto ao falar sobre a escolha para o cargo.
“A terminologia interino, ou qualquer que seja, não me incomoda, pra mim o mais importante é essa oportunidade. Foi feita uma ligação perguntando se eu tinha interesse em fazer parte da comissão técnica e poucos dias depois me chamaram para uma reunião e fizeram um convite pra ser o técnico”, afirmou Guidetti.
O novo comandante da seleção acredita que o Brasil tem um estilo de jogo característico e irá tentar mantê-lo. “O jogo de contra-ataque e transição, com alegria. Não quero modificar o jeito do brasileiro jogar, quero acrescentar conteúdos defensivos e de mentalidade”, declarou. O treinador também revelou que para a Copa América serão convocados jogadores jovens, pois a ideia é renovar o grupo.

Comentários