VÔLEI: Natália foi eleita a melhor jogadora do Grand Prix e fez questão de dividir o prêmio de melhor jogadora com toda a Seleção.

NATÁLIA RECEDENDO O TROFÉU DE MELHOR JOGADORA

NANJING (CHINA) - A ponteira e capitã da Seleção Brasileira de vôlei, Natália, foi eleita a melhor jogadora do Grand Prix e fez questão de dividir a conquista com suas companheiras de Seleção Brasileira.
Logo após receber o troféu do duodecampeonato do Grand Prix 2017, ela fez questão de dividir a conquista com toda a Seleção Brasileira.
- Nosso time jogou muito bem. Eu não teria chance de ganhar o troféu de melhor jogadora sem minhas companheiras. Eu dedico esse título a todas as jogadoras da Seleção Brasileira. E também quero agradecer ao nosso técnico por essa grande vitória -, declarou a capitã da equipe.
Para o técnico José Roberto Guimarães, a vitória sobre a Itália, que tem uma jogadora espetacular como Enogu, valorizou demais a conquista da Seleção Brasileira, que, além de Natália, só contou com Adenízia do time que representou o país na última Olimpíada.
“A Itália lutou muito nesse jogo. Elas nunca desistem. Eu estou muito orgulhoso do meu time. Nós mostramos muita paixão no terceiro set, quando a Itália estava vencendo por 20 a 15. Foi aquilo que mudou os rumos do jogo”, acredita o treinador.
Do lado italiano, o técnico Davide Mazzanti estava resignado. 
“Quero dar os parabéns ao time do Brasil. Eles fizeram um grande trabalho nesta fase final do Grand Prix. Nós aprendemos muito neste torneio e vamos fazer melhor no futuro”, prometeu. 
“O Brasil foi muito bem hoje. Nós tivemos a chance de vencer, mas perdemos pontos cruciais. Ainda temos muito o que melhorar”, afirmou a capitã Cristina Chirichella.

Comentários