FUTEBOL BRASILEIRO: Corinthians bate o Fluminense de virada e conquista o heptacampeonato brasileiro

JÔ BALANÇOU AS REDES DO FLU DUAS VEZES
SÃO PAULO - Um hepta de respeito! O Corinthians é heptacampeão brasileiro! O Timão conquistou o sétimo título do Campeonato Brasileiro ao vencer o Fluminense por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (15), na Arena Corinthians, com três rodadas de antecipação.
Assim, o Alvinegro se tornou o único a clube a vencer a competição em sete oportunidades desde a criação do campeonato, em 1971. Para deixar o feito ainda mais histórico, somente o Timão conseguiu levantar a taça do Brasileirão quatro vezes na era dos pontos corridos.
A conquista fecha a temporada 2017 do Corinthians com chave de ouro. Desacreditado no começo do ano, Fábio Carille e jogadores jogaram contra tudo e contra todos e sagraram-se campeões paulistas com muitos méritos – não perdeu nenhum clássico e superou a Ponte Preta na final.
No Brasileirão, com muita humildade e competência, o Corinthians passou o primeiro turno todo sem perder – somado às demais competições, foram 34 jogos invictos –, protagonizando o melhor turno da história do campeonato na era dos pontos corridos. Após um período com rendimento abaixo do esperado, a equipe correspondeu nos momentos decisivos e confirmou o título nacional.
Corinthians definido: Com Cássio no banco por ter servido a Seleção Brasileira, e sem Balbuena, suspenso, Carille definiu o Corinthians com Caíque França; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Arana; Gabriel e Camacho; Rodriguinho, Romero e Clayson; Jô.
Início complicado: No primeiro minuto de jogo, o Fluminense abriu o placar com o zagueiro Henrique após cobrança de escanteio.
Resposta imediata: Aos cinco, o Timão chegou com perigo em lance de Camacho. Ele invadiu a área, foi desarmado e a bola sobrou para Rodriguinho. Quando o meia armou a batida, foi travado. Na cobrança do escanteio, Pablo acertou forte cabeçada que passou com muito perigo por cima do gol.
Ataque aéreo: Chegando pelo alto, o Corinthians criou duas boas chances aos 10 minutos. Primeiro, Camacho achou bolão para Romero na linha de fundo cruzar e quase achar Clayson. Depois, Fagner alçou na direção de Jô, mas a bola foi cortada pela defesa novamente.
Chute de fora: A equipe alvinegra continuou fazendo pressão no Fluminense, mas encontrou dificuldades para furar a última linha de marcação do adversário. A solução foi arriscar de fora da área, como tentou Rodriguinho, aos 20 minutos, mas o chute saiu por cima.
Por pouco: Aos 30 minutos, Romero deu toque sensacional para Fagner, dentro da área, cruzar rasteiro. A bola correu toda a área, Jô se atirou nela, mas por centímetros não chegou para empurrar para as redes. Depois, Camacho chutou da entrada da área para fora.
Minutos finais da primeira etapa: Nos acréscimos, o Timão chegou com perigo duas vezes. Clayson tentou uma bicicleta bloqueada pela defesa. Depois, o atacante cruzou e Jô cabeceou para fora.
Segundo tempo com Jadson: Precisando de gols para ser campeão, Carille mexeu no começo da segunda etapa, deixando Camacho no banco e colocando o camisa 10 em campo.
Jogo empatado: Não demorou nada para o Timão igualar o marcador. No primeiro minuto, Clayson recebeu pela esquerda, cruzou na cabeça de Jô que não desperdiçou.
Corinthians na frente: A virada veio dois minutos depois. Clayson meteu chapéu magistral no zagueiro e ao cruzar acertou o travessão. A bola pingou e voltou para Jô marcar mais uma vez de cabeça. Foi o 18º gol do atacante na competição, superando Henrique Dourado na artilharia do Brasileirão.
Quase o terceiro: No lance seguinte, Romero achou mais um ótimo passe para Fagner na ultrapassagem. O camisa 23 cruzou rasteiro e a bola passou perto de três corinthianos.
Jogo controlado: Com o resultado a seu favor, o Alvinegro passou a manter a posse de bola e explorar contra-ataques. Já o Fluminense tentava chegar ao empate com chutes de fora da área.
Na trave: Aos 37, Jadson deu belo drible no marcador e, da entrada da área, chapou com consciência no canto de Cavalieri. Caprichosamente, a bola bateu na trave.
Maycon no jogo: No mesmo minuto, Maycon entrou no lugar de Clayson, autor de duas assistências na partida.
Gol do título: Aos 40 minutos, Jadson teve outra oportunidade e desta vez não desperdiçou. Bateu forte no canto esquerdo do goleiro e marcou o gol do título para o Corinthians.
Homenageado da noite: Nos acréscimo, a Arena Corinthians enlouqueceu quando Danilo entrou no jogo no lugar de Jô. O camisa 20 foi ovacionado pela torcida. Foi a estreia do jogador no ano, que passou longo tempo se recuperando de lesão.

Comentários