FUTEBOL INTERNACIONAL: Lanús vira pra cima do River Plate e vai à final da Libertadores

OS JOGADORES DO LANÚS COMEMORAM  OS GOLS DA VITÓRIA CONTRA O RIVER

LANÚS (ARGENTINA) - Parecia uma missão impossível, mas o Lanús garantiu, na noite desta terça-feira (31/10), a inédita classificação para a final da Copa Libertadores. Depois de perder o primeiro jogo por 1 a 0 e sofrer dois gols no primeiro tempo da segunda partida, disputada no Estádio La Fortaleza, a equipe grená conseguiu uma improvável reação e derrotou o River Plate por 4 a 2. José Sand, duas vezes, Alejandro Silva e Lautaro Acosta marcaram os gols do Lanús, enquanto Montiel e Scocco balançaram as redes pelo River.
Garantido na final da Copa Libertadores, o Lanús aguarda agora pela definição na outra semifinal, entre Grêmio e Barcelona de Guayaquil, que será nesta quarta-feira, 1º de novembro. No primeiro jogo, disputado no Equador, a equipe brasileira venceu por 3 a 0 e abriu uma boa vantagem. De acordo com a Conmebol, as finais da Libertadores serão disputadas nos dias 22 e 29 de novembro.
FICHA TÉCNICA
LANÚS-ARG 4 X 2 RIVER PLATE-ARG
Local: Estádio Ciudad de Lanús (La Fortaleza), em Lanús (Argentina)
Data: 31 de outubro de 2017 (Terça-feira)
Horário: 22h15(de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)
Assistentes: Alexander Guzman (COL) Cristian De La Cruz (COL)
4º Árbitro: Victor Carrillo (PER)
Cartões amarelos: Diego Braghieri, Román Martínez (Lanús); Jonatan Maidana, Ariel Rojas, Ignacio Fernández, Gonzalo Montiel (River Plate)
Cartão vermelho: Ignacio Fernández (River Plate)
GOLS:
Lanús: José Sand, aso 45 minutos do 1T e a 1 minuto do 2T. Lautaro Acosta, aos 16, e Alejandro Silva, aos 23 minutos do 2T.
River Plate: Ignacio Scocco, aos 17, e Gonzalo Montiel, aos 22 minutos do 1T
LANÚS: Esteban Andrada; José Luis Gómez, Rolando García Guerreño, Diego Braghieri e Maximiliano Velázquez (Zurbriggen); Román Martínez (Leandro Maciel), Iván Marcone e Nicolás Pasquini; Alejandro Silva (Nicolás Aguirre), José Sand e Lautaro Acosta. Técnico: Jorge Almirón
RIVER PLATE: German Lux, Gonzalo Montiel, Jonatan Maidana, Javier Pinola e Milton Casco; Ignacio Fernández, Leonardo Ponzio, Enzo Pérez (Auzqui) e Ariel Rojas (De la Cruz); Pity Martínez e Ignacio Scocco. Técnico: Marcelo Gallardo

Comentários