LIBERTADORES: Martín Silva confia em recuperação do Vasco na Libertadores

MARTIN PEGOU DOIS PÊNALTIS, MAS EVITOU A GOLEADA DIANTE DO RACING
AVELLANEDA (ARGENTINA) - Não é exagero afirmar que Martín Silva foi um dos grandes destaques da partida entre Racing e Vasco da Gama no Estádio Presidente Perón, em Avellaneda. Apesar de ter sofrido quatro gols, o arqueiro teve uma atuação destacada, tendo em vista que pegou dois pênaltis e fez pelo menos outras três defesas de grande dificuldade ao longo dos 90 minutos.
Foi a primeira vez que o uruguaio defendeu duas cobranças num mesmo jogo com a bola rolando. Em 2018, durante a Conmebol Libertadores, os números são ainda mais impressionantes. Martín Silva pegou cinco dos oito pênaltis cobrados por atletas adversários. Embora tenha ficado satisfeito com seu desempenho, o camisa 1 não escondeu a tristeza com o placar adverso.
"Não me lembro de ter pego dois pênaltis na mesma partida, mas não sou muito ligado nas estatísticas. Estamos trabalhando todos os dias para conquistar um resultado favorável, mas não deu certo. O Racing foi muito superior e fez melhor as coisas. Não sentimos a pressão de jogar fora de casa. Sabíamos o clima que encontraríamos na Argentina. Uma torcida que canta durante os 90 minutos. Para mim, particularmente, tudo isso é motivante. O Racing possui jogadores de qualidade e eles estiveram numa noite inspirada", disse Martín Silva.
Passadas três rodadas da fase de grupos da Conmebol Libertadores, o Vasco da Gama soma um ponto e ocupa a quarta colocação da Chave 5. Apesar disso, o Cruz-maltino não jogou a toalha e segue acreditando na classificação para as oitavas de final. Para manter vivo o sonho de conquistar o Tri da América, entretanto, o Vasco precisa vencer os três últimos jogos, dois deles em São Januário.
"Matematicamente ainda estamos com chances. Nosso lema é nunca desistir. Dependemos de três vitórias e ainda podemos conseguir essa classificação. Está difícil, mas vamos fazer valer o fator casa para seguirmos em frente. Saímos daqui com a cabeça levantada, mirando para frente. Agora temos um compromisso pelo Brasileirão, que está apenas começando. Vamos para Chapecó para buscar os três pontos", garantiu o camisa 1.
O Vasco da Gama deixou Buenos Aires na manhã desta sexta-feira (20) com destino ao Brasil. A delegação cruz-maltina fará escala em São Paulo antes de seguir viagem para Chapecó, onde medirá forças com a Chapecoense pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. A partida será disputada no domingo (22), às 16 horas, na Arena Condá.

Comentários