COPA DO NORDESTE: Sampaio Corrêa empata com o ABC e vai decidir a Copa do Nordeste

O SAMPAIO CONSEGUIU LIDAR COM UMA SÉRIE DE CONVULSÕES FORA DE CAMPO
NATAL – Depois de uma verdadeira batalha, dentro e fora de campo, o Sampaio Corrêa garantiu um feito histórico para o futebol maranhense na noite desta quinta-feira (28/6). Mesmo sem fazer uma grande atuação e tendo que lidar com uma série de confusões nos últimos minutos, a Bolívia Querida mostrou muita personalidade para arrancar um empate por 1 a 1 diante do ABC, no Estádio Frasqueirão, e garantir a inédita classificação para a final da Copa do Nordeste. No primeiro confronto da semifinal, disputado em São Luís, o Sampaio venceu a equipe potiguar por 1 a 0.
Em vantagem depois do triunfo em casa, o Sampaio Corrêa encaixou uma marcação sólida e evitou a pressão do ABC, que contava com o apoio da torcida no Frasqueirão. Valorizando a posse de bola e controlando as ações em boa parte do duelo, o Tubarão encaminhou a classificação aos 30 minutos do segundo tempo: após Uilliam ser derrubado por Maxwell na grande área, o meia Fernando Sobral cobrou pênalti com categoria e abriu o placar para o time maranhense. Depois do gol tricolor, a torcida do ABC arremessou objetos e tentou invadir o gramado, forçando a paralisação do jogo por 15 minutos. Ainda houve tempo para Erivélton empatar para o ABC, aos 55 minutos, e dois atletas de cada time serem expulsos, mas nada que atrapalhasse a festa do Sampaio Corrêa em Natal.
Na inédita decisão da Copa do Nordeste, o Sampaio Corrêa enfrentará o Bahia, um dos quatro clubes nordestinos na primeira divisão do Campeonato Brasileiro: o Tricolor da Boa Terra avançou à final após uma vitória e um empate contra o Ceará. As datas e horários dos jogos decisivos do Nordestão ainda serão divulgadas pela Diretoria de Competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Vale lembrar que o campeão nordestino garante vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2019.
Antes de enfrentar o Bahia, a Bolívia Querida joga pelo Campeonato Brasileiro Série B neste domingo (31/6), às 18h, contra o Londrina, no Estádio do Café. Também neste domingo, mas às 19h, o ABC enfrenta o Santa Cruz, no Estádio Frasqueirão, pela 12ª rodada da Série C.
O jogo
Mesmo jogando fora de casa e diante de um ABC que precisava da vitória para sonhar com a classificação, o Sampaio Corrêa não se intimidou e tomou a iniciativa no início de partida no Frasqueirão. Trocando passes e ditando o ritmo, a Bolívia Querida chegou com perigo aos cinco minutos: após passe de Danielzinho, Diego Silva chutou forte, e a bola passou perto do gol de Edson. Pouco depois, Willian Oliveira subiu sozinho após cobrança de escanteio e fez o desvio de cabeça, para fora.
Depois da pressão inicial do Sampaio Corrêa, o ABC se organizou e começou a assustar a equipe maranhense. Higor Leite, aos 20 minutos, tentou o chute colocado e parou em defesa tranquila de Andrey. Já aos 29, Higor Leite recebeu passe de Arez e se preparou para a finalização, mas Diego Silva travou a jogada e evitou o primeiro gol dos donos da casa.
Na reta final do primeiro tempo, o jogo se concentrou no meio-campo, e as duas equipes continuaram desperdiçando as oportunidades no ataque. Aos 37, Arez arriscou um chute de trivela e quase surpreendeu Andrey. Já aos 45, Alyson fez boa jogada e serviu Uilliam, que não conseguiu a finalização.
Sampaio abre placar e garante vaga após confusão
Apesar do apoio da torcida e do prejuízo na semifinal, o ABC não conseguiu pressionar o Sampaio Corrêa no início do segundo tempo. Com a situação controlada, a Bolívia Querida só tomou um susto: aos 14 minutos, Higor Leite teve a chance de abrir o placar para o Alvinegro em cobrança de falta, mas a bola bateu na barreira e foi para fora.
Sem muita inspiração no ataque, a equipe do ABC perdeu sua melhor oportunidade de gol aos 22 minutos, com Matheus Carvalho, que recebeu cruzamento de Vitinho, fez o desvio de cabeça e parou em uma defesa espetacular de Andrey. Com a defesa trabalhando bem, o ataque do Sampaio resolveu agir aos 30 minutos: após Uilliam ser derrubado por Maxwell na grande área, Fernando Sobral cobrou o pênalti com muita frieza e abriu o placar para o Tubarão em Natal.
O gol do Sampaio Corrêa foi a senha para os protestos da torcida do ABC, que tentou invadir o campo e arremessou objetos contra o trio de arbitragem, em cenas lamentáveis no Frasqueirão. Depois de 15 minutos, a partida foi reiniciada, e o ABC arrancou o empate aos 55: após levantamento de Higor Leite, Erivélton tocou a bola para o gol. Ainda teve tempo para outra confusão, desta vez protagonizada pelos jogadores, que resultou na expulsão de Wellington Rato, pelo Sampaio, e Maxwell, pelo ABC. Apesar do clima quente, o cenário não mudou, e o Sampaio confirmou a classificação.
FICHA TÉCNICA
ABC: Edson; Arez, Samuel, Tonhão e Igor; Anderson Pedra (Erivélton), Felipe Guedes e Higor Leite; Luan, Matheus Carvalho (Maxwell) e Leandrão (Vitinho). Treinador: Ranielle Ribeiro
SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Bruno Moura, Joécio, Maracás e Alyson; Willian Oliveira (César Sampaio), Diego Silva, Fernando Sobral, João Paulo (Rodrigo Fumaça) e Danielzinho (Wellington Rato); Uilliam. Treinador: Roberto Fonseca




Comentários