COPA DA RÚSSIA: Croácia vence Dinamarca nos pênaltis e enfrenta a Rússia nas quartas

MODRIC QUASE VIROU VILÃO AO PERDER UM PÊNALTI NO SEGUNDO TEMPO DA PRORROGAÇÃO
NIZHNY NOVGOROD (RÚSSIA) - O domingo 1° de julho de Copa do Mundo ficou marcado pelas prorrogações. Após vitória da Rússia nos pênaltis sobre a Espanha, mais cedo, Croácia e Dinamarca voltaram a precisar do tempo extra para a definição de quem encara os anfitriões nas quartas de final do torneio. Jogando em Níjni Novgorod, as duas equipes empataram em 1 a 1 no tempo regulamentar, e a definição mais uma vez foi para as cobranças da marca da cal, com os croatas levando a melhor com vitória por 3 a 2 nas penalidades.
A Dinamarca surpreendeu os croatas e abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo. Após lateral batido dentro da área, a zaga da Croácia deu bobeira, o meio-campista Delaney tentou o domínio, mas quem finalizou foi o atacante Jorgensen, que chutou fraco, mas o goleiro Subasic acabou aceitando.
O empate croata veio três minutos mais tarde. Aos 4 minutos, o lateral Vrsaljko deu chutão para o meio da área e contou com ajuda da defesa dinamarquesa, que deixou o atacante Mandzukic pronto para finalizar para o gol e empatar a partida.
O empate em 1 a 1 persistiu até o fim do tempo regulamentar, e mais uma vez a definição foi para a prorrogação. No fim da segunda etapa no fim do tempo-extra, a Croácia chegou a ter a classificação em mãos, mas desperdiçou. Após bela bola enfiada por Modric, Rebic recebeu e ficou cara a cara com o goleiro Schmeichel. O meia-atacante foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou a penalidade. Na cobrança, o camisa 10 croata assumiu a responsabilidade, mas o goleiro dinamarquês defendeu.
Após a igualdade persistir na prorrogação, a definição foi para os pênaltis e terminou em vitória croata por 3 a 2.
Com o resultado, os croatas encaram a Rússia no próximo sábado (7/7), em Sochi, pelas quartas de final do Mundial.

Comentários