COPÃO DO ESTADO: Açailândia vence Davinópolis após voltar no "tapetão" e enfrenta Grajaú nas semifinal da Copa Sul do Maranhão

SELEÇÃO DE AÇAILÂNDIA (FOTO: ISIDORO MARTINS)
GRAJAÚ – Grajaú já sabe quem será seu adversário na fase semifinal da Copa Sul do Maranhão, o Copão do Estado. Trata-se da equipe anfitriã do torneio, Açailândia. Os anfitriões do torneio, por sinal, conseguiram a vaga ao vencer Davinópolis pela terceira vez pela fase de quartas de final. Antes dessa terceira vitória houve um imbróglio judicial, o famoso "tapetão", envolvendo as duas seleções.
Entenda
Nas quartas de final Açailândia venceu os confrontos de ida e volta diante de Davinópolis, no entanto, na segunda partida os açailandeses foram denunciados pelos davinopolitanos, sob a acusação de excederem o limite de substituições. A comissão julgadora do torneio acatou a denúncia, julgou e deu parecer favorável à Davinópolis. Até então os davinopolitanos eram semifinalistas. Diante da derrota no "tapetão", os açailandenses não perderam tempo e deram o troco, denunciaram Davinópolis o acusando de uma suposta inscrição de um jogador com registro profissional; o problema é que o contrato do jogador em questão não está em vigor e o regulamento diz que só será irregularidade se o contrato estiver em vigência, além disso, o atleta se quer chegou a atuar por Davinópolis, mesmo assim a junta julgadora aceitou a denúncia, julgou e deu vitória em segunda instância à Açailândia. Com o êxito em segunda instância dos açailandenses, as duas seleções foram punidas pelas práticas irregulares. Mas as punições, que de punições não tem nada, ou melhor, poderíamos chamar de presente, já que a organização que é açailandense teve a “brilhante” ideia de usar uma terceira partida entre as duas equipes como forma de punição, que foi vencida por eles (Açailândia) por 6 a 0, resultado que garantiu a equipe na semifinal.
Mas, a pergunta que não quer calar é a seguinte: o correto não seria Davinópolis e Açailândia serem eliminadas, já que infringiram o regulamento do torneio, e Grajaú ser decretado finalista?
grajaumaesportes procurou o técnico da Seleção Grajauense, Alexandre César, por meio de rede social para ouvir o seu posicionamento sobre o assunto. Ele se mostrou contrário a decisão da organização, inclusive foi excluído de uma rede social que serve para tratar de assuntos referentes ao torneio, simplesmente por questionar tal decisão.
- Sou contra a homologação desse resultado. O certo seria as duas seleções envolvidas em irregularidades, se é que Davinópolis realmente cometeu irregularidades, serem eliminadas e Grajaú ser declarado finalista. Fica aqui minha repulsa, - desabafou o técnico.
- Só porque fiz alguns questionamentos sobre a decisão tomada pela organização e me mostrei contrário a mesma, me excluíram do grupo de WhatsApp do torneio, - acrescentou.
Decisão tomada, agora Grajaú e Açailândia começam a decidir a vaga na final do torneio no sábado (7/7), no Estádio Sadi Duarte (Municipal), a partir das 17h. A segunda e decisiva partida acontece sete dias depois, no sábado (14/7), no Estádio Pedro Maranhão, em Açailândia.



Comentários