FUTEBOL BRASILEIRO: Após empate com Chape, Santos demite Jair Ventura


OS RESULTADOS RUINS NOS ÚLTIMOS JOGOS CUSTARAM A CABEÇA DO TÉCNICO
SANTOS - O Santos demitiu nesta segunda-feira o técnico Jair Ventura. O treinador vinha balançando no cargo desde antes da parada para a Copa do Mundo. Na retomada do Campeonato Brasileiro, o time alvinegro empatou o clássico com o Palmeiras por 1 a 1 na última quinta-feira e ficou no 0 a 0 com a Chapecoense, no domingo.
As fracas atuações geraram ainda mais protestos entre torcedores e dirigentes e ele deixa o Santos na 15ª colocação, com 15 pontos. Em 13 jogos disputados no Brasileirão, a equipe conseguiu apenas quatro vitórias. Empatou outros três jogos e perdeu seis, com 38,5% de aproveitamento no total.
"A direção do Santos Futebol Clube comunica que Jair Ventura não é mais treinador da equipe profissional. O Clube agradece o profissionalismo do técnico durante o tempo em que aqui esteve no comando do Peixe", informou o clube por meio de nota publicada em seu site oficial.
Jair chegou ao Santos em 3 de janeiro após se destacar como técnico do Botafogo. Mas no período em que esteve à frente do time não conseguiu dar regularidade. Sob o seu comando, a equipe está garantida nas oitavas de final da Copa Libertadores e nas quartas de final da Copa do Brasil, mas caiu nas semifinais do Campeonato Paulista e agora figura na parte de baixo do Brasileirão.
A assessoria de imprensa do Santos não deu mais detalhes sobre a saída do treinador e não informou quem comandará a equipe na partida contra o Flamengo nesta quarta-feira, às 21h45, na Vila Belmiro, pela 15ª rodada do Brasileirão. O treino da tarde desta segunda-feira foi mantido.
Zé Ricardo e Abel Braga, livres no mercado, são os principais nomes que surgem como eventuais substitutos. O primeiro foi demitido do Vasco em 2 de junho e o outro pediu demissão do Fluminense no dia 16 do mesmo mês.


Comentários