FUTEBOL FEMININO: Brasil empata com Holanda na estreia do Torneio internacional da França

COM O EMPATE, AS DUAS SELEÇÕES OCUPAM A VICE-LIDERANÇA DO TORNEIO
VALENCIENNES (FRANÇA) - Brasil e Holanda mediram forças na tarde desta quarta-feira (4/3) na estreia das duas seleções no Torneio Internacional da França e ficaram no empate sem gols. A participação no torneio serve de preparação para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.
Com o resultado, o Brasil divide a segunda colocação do torneio com a Holanda (atual vice-campeã do mundo), com um ponto cada. O Canadá lidera com três pontos, conquistado ao vencer a França por 1 a 0 no outro jogo do torneio. 
As meninas do Brasil voltam a campo no próximo sábado (7/3), às 17h (horário de Brasília), quando enfrentarão a seleção francesa.
O jogo
Ambas as equipes começaram se estudando nos primeiros minutos. O Brasil, com maior volume de jogo, era quem comandava as ações, apesar de não conseguir furar a defesa holandesa para finalizar com perigo.
As primeiras chances reais de gol aconteceram para o lado holandês. Aos 20, Goenen recebeu ótima bola dentro da área, mas, de primeira, bateu pelo lado direito da goleira Aline Reis. Na segunda oportunidade, Van den Donk puxou ótimo contra-ataque e ia sair de cara para a camisa 12 brasileira. No entanto, Luana apareceu de forma espetacular para cortar o lance já dentro da grande área.
A melhor chegada do Brasil aconteceu já na reta final de primeiro tempo, aos 43 minutos. Marta bateu escanteio fechado e a zaga adversária cortou. A bola, porém, caiu novamente nos pés da camisa 10, que levantou na área para Daiane. A zagueira brasileira se abaixou para cabecear, mas a finalização foi para fora.
Na volta dos vestiários, o Brasil cresceu de rendimento em relação ao fim da primeira etapa. Logo aos cinco minutos, a Canarinho conseguiu encaixar ótimo contra-ataque, que parou nos pés de Luana. A camisa 23 cruzou fechado, mas a goleira Geurts saiu bem para cortar o passe.
Fazendo sua estreia pela Seleção Brasileira, a goleira Natascha mostrou seu cartão de visitas em duas boas chegadas da Holanda. Aos 15, Van den Sanden recebeu bola rasteira, invadiu a área e bateu de canhota. Mas a camisa 24 fez ótima intervenção. Mais tarde, aos 27, novamente o duelo contra a camisa 7 holandesa. A atacante foi lançada e bateu com força, cara a cara com a brasileira, que esticou bem o pé para evitar o gol.
A resposta do Brasil aconteceu três minutos depois. Após bate-rebate dentro da área, a bola sobrou para Andressinha. A jogadora brasileira bateu com força da entrada da área, mas Spitse se entrou no caminho e impediu que a finalização fosse no gol.
BRASIL: Aline Reis (Natascha); Luana (Andressinha), Antônia, Daiane e Jucinara; Thaisa, Formiga (Tayla), Debinha (Cristiane) e Andressa Alves; Marta (Bia Zaneratto) e Ludmilla (Thaís) – Técnica: Pia Sundhage





Comentários